Skip to content

Tom Ford Cineasta

fevereiro 13, 2011

 

Em Dezembro do ano passado, quem se aventurou na direção de cinema foi o estilista Tom Ford. Semana passada assisti o filme  “A single man” – “Direito de amar” em português, e não me decepcionei.

O figurino, claro, está impecável, incluindo os belos ternos e óculos marcas registradas de Tom Ford e um super visual anos 50 dos atores e figurantes muito bem alinhados.

Atores extremamente bonitos, o que me fez desconfiar que ele pegou alguns modelos de passarela para atuar.

E uma história muito bem elaborada, inspirada no Romance de  Christopher Isherwood de mesmo nome – “A single man” –  é a história do ultimo dia da vida de um  homem homosexual que havia perdido seu parceiro de anos no passado.

O personagem, muito bem interpretado por  Colin Firth, vive momento de alegrias e tristezas neste dia que são da indicados por  meio luz, que ora era sombria, ora era mais colorida, até que ele decide se suicidar – mas há impecílios neste  seu plano de ação.

Tom Ford  teve um ótimo inicio como cineasta, e creio eu que ele não decepcionou nem fashionistas e nem amantes do cinema conseguindo fazer uma belíssima história em sintonia com bela fotografia e cenário em seu primeiro filme.

Além de Colin Firth e os belos modelos, o filme também conta com a atuação de  Juliane Moore.

Indico.

 

 

 

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Regma permalink
    janeiro 17, 2012 11:52 am

    Que legal ler seus textos relacionando moda e cinema! bjocas da madrinha orgulhosa…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: